Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 19/05/2014
  • 14:10
  • Atualização: 14:12

Governo do Estado e China assinam parceria

Memorando visa fortalecer os laços culturais e empresariais no setor criativo

Memorando visa fortalecer os laços culturais e empresariais no setor criativo | Foto: Tarsila Pereira

Memorando visa fortalecer os laços culturais e empresariais no setor criativo | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Correio do Povo

O governo do Estado do Rio Grande do Sul assinou na manhã desta segunda-feira, na Usina do Gasômetro, um memorando de entendimento com a Associação de Indústrias Culturais da China (CCIA). O ato foi realizado durante a abertura da exposição da entidade, marcando a primeira atividade da Semana da China no Estado.

Para o governador, Tarso Genro, o país asiático ocupa um papel fundamental no cenário internacional. “Essa aproximação traduz um anseio histórico do Rio Grande do Sul e do Brasil. Este é um evento inicial muito significativo de tudo que vai acontecer durante a semana, como a integração cultural, cooperação tecnológica e atração de investimentos”, apontou.

Segundo o presidente da CCIA, Zhang Bin, a partir da missão à China em 2013, nasceu um forte vínculo. “Nesta nossa visita, buscamos atingir os objetivos de criar uma plataforma para estabelecer laços ainda mais fortes, e vamos nos esforçar ao máximo para colaborar com o desenvolvimento do Rio Grande do Sul”, afirmou.

O memorando visa fortalecer os laços culturais e empresariais no setor criativo, conforme o coordenador da Assessoria de Cooperação e Relações Internacionais (Acri), Tarson Nuñez. “Os chineses têm muito interesse nos produtos da cultura brasileira como a música, cinema, audiovisual e turismo. Estamos conseguindo posicionar o Rio Grande do Sul de uma maneira muito favorável no radar da China, e isso é extremamente positivo para o nosso futuro”, disse, informando que todos os equipamentos da exposição serão doados ao governo do Estado.

A diretora de Indústria Cultural do Ministério da Cultura chinês, Shi Junling, informou que o mercado criativo cresceu 15% no último ano em seu país. “Esta exposição mostra uma China moderna, e esperamos que ela construa uma ponte para que os brasileiros conheçam o setor criativo chinês. Queremos fortalecer ainda mais essa parceria para que possamos crescer juntos”.
Também participaram do encontro o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, o secretário estadual da Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, entre outras autoridades.

A exposição da Associação de Indústrias Culturais da China

A exposição da CCIA estará na Usina do Gasômetro até a próxima quinta-feira. Nesta segunda-feira, às 16h30, em frente ao Palácio Piratini, será realizada uma apresentação da dança do leão – tradicional prática que simula os movimentos do animal – pela mestra de wushu da Universidade de Comunicação da China, Yu Jing, acompanhada de um grupo da Zona Sul. Nas dependências, mostra de arte da caligrafia e a exposição de fotos “China em foco”, do Instituto Confúcio da Ufrgs.

A solenidade oficial de abertura terá início às 17h, no Salão Negrinho do Pastoreio do palácio, e contará com a presença do governador, secretários e delegações de Shandong, universidades de Comunicação da China, de Tsinghua, Macau e Nanjing, além de representantes de grandes empresas como a YOFC, Baidu e Huawei. A cerimônia será transmitida ao vivo pelo canal do governo no Estado no YouTube e também será registrada por uma equipe da televisão chinesa CCTV.

A Semana da China no Rio Grande do Sul é uma realização do governo estadual junto ao Instituto Confúcio, com apoio da Prefeitura de Porto Alegre. Envolve três eixos: seminário de negócios, cooperação tecnológica, e circuito cultural, com atrações gratuitas.

Bookmark and Share