Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Saúde

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/05/2014 17:09 - Atualizado em 19/05/2014 18:56

Quatro emergências do SUS restringem atendimento na Capital

Situação ocorre em três setores para adultos e um infantil, devido à superlotação

Quatro emergências que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em hospitais de Porto Alegre restringem o atendimento. Somente estão aceitando casos graves e pacientes encaminhados pelo Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), na tarde desta segunda-feira. A situação ocorre em três setores para adultos e um infantil, devido à superlotação.

No Hospital de Clínicas, há 133 pacientes nos 49 leitos na emergência adulta. Na pediátrica, são 20 crianças ocupando as nove vagas. A restrição para adultos já se prolonga há vários meses. Já na infantil, o problema teve início nesta segunda.

O Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, com 15 leitos, registra o dobro de pacientes no setor de emergência do SUS. Assim, são atendidos apenas novos casos considerados gravíssimos. No Complexo Santa Casa, o problema ocorre no Hospital Santa Clara. No local, há 38 adultos nas 26 vagas. Já no Hospital Santo Antônio, que atende crianças, a situação é normal no SUS, com sete pacientes para 13 leitos.

Nas emergências de outros hospitais também ocorre lotação excessiva, mas o atendimento segue normalmente, apenas com uma demora maior, conforme a classificação de risco. No Conceição, há 134 adultos ocupando as 64 vagas. No Hospital da Criança, são 17 pacientes para 14 leitos.

O São Lucas da PUC soma 26 pessoas em um espaço para 13. Na emergência pediátrica, seis crianças são atendidas nas cinco vagas. 

Bookmark and Share

Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.