Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 19/05/2014
  • 22:01
  • Atualização: 22:14

Americano é condenado a 25 anos de prisão por enviar carta envenenada a Obama

Caso foi revelado após atentado contra a maratona de Boston, em 2013

Carta enevenada não chegou a Obama | Foto: Nicholas Kamm / AFP / CP

Carta enevenada não chegou a Obama | Foto: Nicholas Kamm / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O americano James Everett Dutschke foi condenado, nesta segunda-feira, a 25 anos de prisão por enviar cartas com veneno para o presidente Barack Obama, um senador e um juiz dos Estados Unidos. O caso ocorrreu em abril de 2013, e foi revelado após o atentado contra a maratona de Boston, apesar de não ter relação com o ataque.

Dutschke, um professor de artes marcias de 41 anos, comprou sementes de mamona, luvas e máscaras pelo eBay para fabricar as cartas. Ele endereçou as correspondências ao presidente Obama, ao senador republicano pelo Mississipi, Roger Wicker, e a um juiz do mesmo Estado, Sadie Holland, mas elas foram bloqueadas antes de chegar a seus destinatários.

O condenado se declarou culpado em janeiro deste ano e deve ficar mais cinco anos preso em liberade vigiada no Mississipi, onde reside.


Bookmark and Share