Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 20/05/2014
  • 22:32
  • Atualização: 22:43

Malas que bloquearam ruas da Cidade Baixa estavam vazias

Gate fez análise de raio-X e descartou ameaça de bomba nas ruas centrais da Capital

Gate fez análise de raio-X e descartou ameaça de bomba nas ruas centrais da Capital | Foto: Fabiano do Amaral

Gate fez análise de raio-X e descartou ameaça de bomba nas ruas centrais da Capital | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Correio do Povo

A região central de Porto Alegre enfrentou bloqueios de trânsito e áreas isoladas por conta de duas malas suspeitas de bomba desde o início da noite desta terça-feira. A Brigada Militar foi acionada por conta dos objetos abandonados na rua João Alfredo e na avenida Loureiro da Silva, na Cidade Baixa. O Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) fez a inspeção e determinou que ambos os receptáculos estavam vazios.

Por volta das 19h, com os arredores das malas isolados, o GATE começou a trabalhar. Inicialmente, um dos policiais do grupamento especial, usando traje de proteção, se aproximou de uma das malas para fazer uma inspeção com raio-X. Depois disso, foi feita a abertura sem riscos. O mesmo procedimento foi utilizado na segunda mala.

Conforme testemunhas, a primeira mala foi avistada às 17h e, inclusive, foi utilizada para brincadeiras, antes de ser levantada a suspeita de bomba. A segunda estava nas proximidades da primeira, ao lado de uma parada de ônibus da Loureiro.

Responsável pela operação, o major Ulisses salientou a importância de sempre acionar a polícia em casos como esse. "É preocupante as pessoas serem céticas em achar que não é nada. O Gate trabalha com a perspectiva de que seja uma ameaça, estando preparado para atender as ações", comentou. Ele relatou que imagens de câmeras de segurança das construções nos arredores serão usadas na tentativa de apurar quem deixou os objetos na rua.

Com informações de Nildo Junior.


Bookmark and Share