Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 21/05/2014
  • 10:18
  • Atualização: 11:05

Dois são presos em operação da PF contra pornografia infantil no RS

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro cidades gaúchas

Dois são presos em operação da PF contra pornografia infantil no RS | Foto: PF-RS / Divulgação / CP

Dois são presos em operação da PF contra pornografia infantil no RS | Foto: PF-RS / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Pelo menos duas pessoas foram detidas no Rio Grande do Sul durante operação Proteja Brasil, deflagrada na manhã desta quarta-feira pela Polícia Federal (PF) em 14 estados. Dois homens foram presos em flagrante, na Capital, por posse de arquivos com imagens de conteúdo pornográfico infantil. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro cidades gaúchas: Alvorada (1), Porto Alegre (7), Santo Ângelo (1) e Tramandaí (1).

A operação ocorre nos estados de Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e Tocantins. Coordenada pela Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet (URCOP), a ofensiva é parte de um plexo de ações de prevenção e repressão da PF, com o objetivo de conter os crimes de abuso e violência sexual infantojuvenil no Brasil, principalmente, no período da Copa do Mundo. Cerca de 200 policiais federais atuam na operação.

De acordo com a coordenação da operação, no decorrer do cumprimento das cautelares de buscas e apreensão, existe a possibilidade de diversas autuações de prisão em flagrante, ao longo da operação, de investigados que mantenham material armazenado de conteúdo pornográfico, com fundamento no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

As últimas três operações da PF para combater a exploração sexual de crianças e adolescentes – Glasnost, Pureza 2 e Infância Segura – prenderam 100 pessoas acusadas de cometer esse tipo de crime. De janeiro de 2013 até o dia de hoje, 1441 inquéritos foram instaurados para investigar crimes de pornografia infantil.

As ações fazem parte da série de providências que compõem a Semana Proteja Brasil, de mesmo nome, promovida pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) e o Ministério do Turismo, que visa dar mais proteção a crianças e adolescentes contra todos os tipos de violência sexual. “Essa ação da Polícia Federal é fundamental para reprimir a violência contra crianças e adolescentes. É muito simbólico que ocorra nessa semana, em que concentramos diversas iniciativas de promoção dos direitos de crianças em todo o país”, afirmou a secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Angélica Goulart.

Bookmark and Share