Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Saúde

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

22/05/2014 18:22 - Atualizado em 22/05/2014 19:05

Falta de repasses pode fechar hospitais na Capital, denuncia comissão da Câmara

Supostas divergências da SMS com direções seriam a causa da falta de pagamentos

No Parque Belém maioria de leitos não é ocupada<br /><b>Crédito: </b> Divulgação / CP Memória
No Parque Belém maioria de leitos não é ocupada
Crédito: Divulgação / CP Memória
No Parque Belém maioria de leitos não é ocupada
Crédito: Divulgação / CP Memória

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara Municipal de Porto Alegre denunciou nesta quinta-feira a ocorrência de problemas graves que podem levar ao fechamento dos hospitais Parque Belém e Porto Alegre.

O presidente da Comissão, vereador Thiago Duarte (PDT) advertiu que ambas as instituições carecem de repasses por parte da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). No Parque Belém, onde há cerca de 400 leitos, a maior parte não é ocupada por não haver encaminhamento de pacientes pela prefeitura. De acordo com ele, isso ocorre em função de supostas divergências com a direção da instituição.

Duarte entende que a administração municipal trabalha para contribuir para o fechamento das unidades. Ele afirmou que já foram solicitadas informações à SMS, mas que as respostas não foram satisfatórias.

Em relação ao Hospital Porto Alegre, mantido pela Associação dos Funcionários do Município, o vereador reclamou que há lotação excessiva e falta de condições para atendimento. Segundo Duarte, o Executivo assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público no ano passado, onde se comprometeu a quitar uma dívida antiga de R$ 5,3 milhões. Os recursos, segundo ele, não foram disponibilizados, e há três meses não ocorrem os repasses referentes ao convênio com o hospital.

SMS prefere não se manifestar

Procurada pela reportagem para se posicionar sobre as denúncias feitas pelo vereador, a assessoria de imprensa da SMS informou que o secretário Carlos Casartelli não pretende se manifestar. A assessoria informou apenas que, sobre o Hospital Parque Belém, estão ocorrendo reuniões com a direção e que duas propostas foram feitas pela secretaria, que espera retorno do hospital.

Bookmark and Share

Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.