Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 23/05/2014
  • 16:52
  • Atualização: 17:29

Após atingir meta, municípios gaúchos poderão vacinar contra gripe envolvidos na Copa

Recomendação da SES contempla trabalhadores das áreas da segurança, transporte e turismo

  • Comentários
  • Camila Kila / Rádio Guaíba

A coordenadora do Programa de Imunizações da Secretaria Estadual da Saúde, Tani Ranieri, relata que cerca de 70% das 496 cidades gaúchas já atingiram a meta geral. Conforme ela, as prefeituras devem seguir as imunizações nos postos de saúde até alcançar 80% entre todos os grupos mais vulneráveis a complicações. À medida que a meta for atingida, a vacinação poderá ser ampliada para pessoas envolvidas de alguma forma com a Copa do Mundo, até que os estoques se esgotem.

Tani fala que cada município deverá verificar o quantitativo disponível e eleger os grupos a serem contemplados, como por exemplo trabalhadores das áreas da segurança, transporte e turismo. Segundo ela, a medida é recomendada em especial para locais de fronteira, aqueles que receberão delegações e a Capital, onde ocorrerão os jogos do Mundial, entre junho e julho.

A vacina protege contra os vírus H1N1, H3N2 e influenza B e só não é indicada para quem tem alergia a ovo. No ano passado, a gripe matou 73 pessoas no Rio Grande do Sul, das quais 58 vítimas de H1N1. Mais de 500 casos foram registrados em todo o Estado em 2013.

Bookmark and Share