Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
17º 26º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

24/05/2014 14:25 - Atualizado em 24/05/2014 14:29

Mais de 50 mil estão inscritos para concurso do TJ no domingo

Neste sábado, candidatos enfrentaram frio da Capital para revisar conteúdos

Neste sábado, candidatos enfrentaram frio da Capital para revisar conteúdos<br /><b>Crédito: </b> Casa do Concurseiro / Divulgação / CP
Neste sábado, candidatos enfrentaram frio da Capital para revisar conteúdos
Crédito: Casa do Concurseiro / Divulgação / CP
Neste sábado, candidatos enfrentaram frio da Capital para revisar conteúdos
Crédito: Casa do Concurseiro / Divulgação / CP

Neste domingo serão aplicadas as provas do concurso público para preenchimento de vagas de Oficial de Justiça e Assistente Social Judiciário no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS). Mais de 53 mil candidatos se inscreveram apenas para concorrer as 116 vagas oferecidas de oficial, o que representa 461 candidatos por vaga. O cargo de não exige nível superior e a remuneração pode ultrapassar os R$ 6, 5 mil. Como parâmetro, o vestibular de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) este ano registrou 57 candidatos por vaga.

Neste sábado, um grupo de alunos encarou as baixas temperaturas do sábado e participou de revisão provida pela A Casa do Concurseiro no Centro de Porto Alegre. O professor da área de Direito Processual Civil, Giuliano Tamagno, alerta aos concurseiros que as incumbências do Oficial de Justiça provavelmente aparecerão na prova. Além disso, os estudos devem ser focados nos procedimentos mais usuais, como o ordinário e o sumário.

O programa previsto para a prova de Português mesmo que assuste na última hora pelo tamanho possui sempre algumas questões certas. "Crase, pronomes, análise sintática, e concordância são tópicos sempre solicitados. Vale
revisá-los", garantiu o professor de português da A Casa do Concurseiro, Carlos Zambeli.

Na área de Informática os inscritos no concurso precisam acertar 60% da prova para não serem eliminados. "O número pequeno de questões e a grande quantidade de conteúdos dificulta a previsão do que será pedido. Mas na
última hora uma boa ideia é refazer provas anteriores da banca e especialmente a prova de oficial escrevente 2013 que cobraram exatamente os mesmos conteúdos", explicou o professor de Informática da A Casa do Concurseiro Sérgio Spolador.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.