Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 24/05/2014
  • 19:30
  • Atualização: 19:31

Com novo atraso, obras de ampliação do Clínicas devem começar em junho

Corte de mais de 280 árvores começa na metade da próxima semana

Com a conclusão prevista para 2017, a área física do HCPA vai estar ampliada em 70% | Foto: Reprodução / CP

Com a conclusão prevista para 2017, a área física do HCPA vai estar ampliada em 70% | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

As obras que vão aumentar em 70% a capacidade do Hospital de Clínicas, na Capital, devem iniciar nos primeiros dias de junho. A previsão anterior era de começo da construção ainda em maio. Na próxima segunda-feira, será realizado o planejamento do corte de 284 árvores do pátio da instituição. Três dos arbustos serão transplantados para outras áreas dentro do hospital.

Uma das árvores que será replantada é um butiazeiro, árvore em extinção no Rio Grande do Sul. As demais são figueiras, espécie nativa do Sul do País. Haverá compensação ambiental definida pela Secretaria do Meio Ambiente com o plantio de mudas no entorno do hospital. “Serão necessários de dois a três dias para fazer o serviço de corte e transplante. Após a derrubada dos arbustos, as obras vão começar imediatamente”, assegura o engenheiro do Clínicas, Fernando Martins.

O estacionamento destinado com 180 vagas ao público foi fechado na semana passada. Por enquanto, a instituição abriu apenas 40 lugares em uma via interna do pátio do Clínicas.

Com a conclusão prevista para 2017, a área física do HCPA vai estar ampliada em 70%. A prioridade serão setores críticos, como o Centro de Tratamento Intensivo, que vai ter o número de leitos dobrado, além das emergências, salas de recuperação e hemodiálise. O investimento é estimado em R$ 408 milhões, oriundos de verba do Governo Federal.

Bookmark and Share