Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/05/2014 07:51 - Atualizado em 26/05/2014 08:08

Papa fala em "tragédia incomensurável" do Holocausto

Em Israel, Francisco visitou memorial dedicado às vítimas do nazismo

Em Israel, Francisco visitou memorial dedicado às vítimas do nazismo
Crédito: Menahem Kahana / AFP / CP

O Papa Francisco denunciou nesta segunda-feira a "tragédia incomensurável" do Holocausto durante uma visita ao Memorial Yad Vashem, dedicado às vítimas do extermínio de seis milhões de judeus cometido pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Como em uma oração, cercado pelas enormes pedras do imponente monumento, o pontífice pediu com um tom emocionado: "Senhor, nosso Deus, salve-nos desta monstruosidade". "Recorde-se de nós em tua misericórdia. Damos graça por nos envergonhamos do que, como homens, fomos capazes de fazer, por noFs envergonhamos desta máxima idolatria, de termos desprezado e destruído nossa carne, esta carne que tu modelaste do barro, que tu vivificaste com teu sopro de vida", clamou.

O Papa acendeu a chama do monumento e saudou alguns sobreviventes. Nesse domingo, o Papa fez um apelo contra qualquer tipo de discriminação. "Que não exista espaço para antissemitismo, em qualquer de suas formas, nem para manifestações de hostilidade, discriminação ou intolerância com pessoas ou povos", disse o líder da Igreja Católica em seu primeiro discurso para as autoridades de Israel. A declaração foi bem recebida em Israel, segundo a imprensa local.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.