Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 26/05/2014
  • 15:41
  • Atualização: 15:48

Fukushima terá muro de gelo subterrâneo para bloquear água radioativa

Companhia Tokyo Electric Power deve iniciar obras em junho

  • Comentários
  • AFP

A autoridade de segurança nuclear do Japão aprovou nesta segunda-feira o projeto de construção de um "muro de gelo" subterrâneo para diminuir o acúmulo de água radioativa no subsolo da usina de Fukushima Daichi. De acordo com o plano da companhia Tokyo Electric Power (TEPCO, que opera a central acidentada em março de 2011), as obras devem começar em junho, segundo um porta-voz da organização.

O projeto, financiado pelo governo, consiste em criar um espesso "muro de gelo" com 1,5 km de canalizações preenchidas com líquido refrigerado para bloquear os vazamentos. O objetivo é evitar que a água limpa das colinas circundantes passem sob a central. Atualmente, circula sob Fukushima Daichi água não contaminada que se mistura à água usada para resfriar os reatores, que é radioativa.

A TEPCO planeja instalar o muro para evitar esse fenômeno que faz aumentar a quantidade de água contaminada sob a central. "Temos algumas dúvidas, mas, no geral, não há objeções, então decidimos que a companhia poderá iniciar o projeto", explicou o porta-voz que não quis se identificar. Em sua opinião, a TEPCO terá que rever alguns de seus planos, porque, tal como está, o projeto pode danificar a rede de tubulações subterrâneas.


Bookmark and Share