Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 28/05/2014
  • 09:02
  • Atualização: 09:09

Dois homens morrem vítimas de atropelamentos em Passo Fundo

Um acidente foi na avenida Araucária e o outro na BR 285

  • Comentários
  • Acácio Silva / Correio do Povo

A polícia registrou duas mortes na noite dessa terça-feira em Passo Fundo, na região Norte do Estado, em acidentes de trânsito. O primeiro ocorreu por volta das 18h45min na avenida Araucária, no parque turístico da Roselândia e o segundo acidente foi por volta das 22h50min, no Km 291,7 da BR 285, próximo à passarela, na entrada para o bairro São José.

A primeira vítima, Samarone da Silva Pacheco, 44 anos, foi atropelada por um Celta com placas de Passo Fundo. O veículo trafegava no sentido do pórtico de entrado do parque turístico em direção ao kartódromo, quando atropelou a vítima, que caminhava pela via. Pacheco foi socorrido pelos bombeiros e conduzido as pressas para o hospital São Vicente de Paulo, onde morreu por volta das 23h40min.

A segunda vítima foi um homem ainda não identificado. Ele foi atropelado por um Vectra com placas de Passo Fundo conduzido por um jovem de 21 anos. O veículo trafegava no sentido Lagoa Vermelha-Carazinho, quando atropelou a vítima que atravessava a rodovia fora da passarela.

O condutor do Vectra contou que à polícia que percebeu que havia atropelado alguma coisa, mas como estava muito escuro pensou que fosse algum animal. Ele foi para casa no bairro São José, onde contou para o pai o que tinha acontecido. Os dois voltaram ao local e encontraram a vítima as margens da rodovia. Os bombeiros foram acionados, mas constaram que o homem já estava sem vida.

A vítima não portava nenhum documento que possibilitasse identificação. Trata-se de um homem moreno aparentando 30 anos e com duas tatuagens, uma no antebraço esquerdo com o dizer “Deuzão” e outra na canela direita em forma de circulo na cor verde. Usava um brinco na orelha esquerda e trajava jaqueta do Circulo Operário, camisa do Gama pré-vestibular, calça jeans e tênis.

O corpo está no Departamento Médico Legal à espera de identificação. O causador do acidente, foi submetido ao bafômetro e não foi constatado o consumo de bebida alcoólica.

Bookmark and Share