Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 28/05/2014
  • 09:14
  • Atualização: 09:24

Cinco monges budistas são detidos por abuso contra menores

Crime contra oito crianças e jovens ocorreu na Tailândia

  • Comentários
  • AFP

Cinco monges budistas acusados de abusar sexualmente de oito crianças e jovens, todos eles com menos de 15 anos, em monastérios do norte da Tailândia foram detidos, indicou nesta quarta-feira a polícia.

Quatro monges, todos abades de seus respectivos monastérios, "aceitaram renunciar aos seus hábitos, mas o quinto negou as acusações e foi obrigado a renunciar", indicou Prachuab Wongsuk, um funcionário da polícia no norte do país. As autoridades iniciaram uma investigação a partir das declarações à polícia de uma das crianças.

Prachuab explicou que durante as inspeções nas celas dos monges em cinco monastérios próximos à cidade de Chiang Mai foram encontrados brinquedos eróticos e filmes pornográficos. Os acusados podem ser condenados a até 20 anos de prisão.

Na Tailândia, um país majoritariamente budista, os monges gozam tradicionalmente de um grande prestígio, mas nos últimos anos vários deles foram envolvidos em escândalos por consumir drogas, jogar ou contratar prostitutas.

Bookmark and Share