Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/05/2014 14:49 - Atualizado em 29/05/2014 14:54

Ativistas cobram inclusão de ciclovia em projeto de nova Ponte do Guaíba

Calçada para pedestres também são exigidas em carta enviada ao Ministério dos Transportes

A Associação Pela Mobilidade Urbana em Bicicleta (Mobicidade) enviou, nesta quinta-feira, carta aberta ao Ministério dos Transportes e ao Dnit cobrando alteração no projeto da nova Ponte do Guaíba, que teve construção anunciada em março pela presidente Dilma Rousseff. Na carta, os ativistas querem a inclusão de uma ciclovia e de um espaço para pedestres na estrutura.

“A nova ponte fará conexão com uma região da cidade que possui uma população crescente devido ao fácil acesso às zonas centrais da Capital, da qual uma parte significativa possui baixa renda e faz de transportes não-motorizados o seu método preferencial de deslocamentos”, apontam os ativistas na carta. Eles também salientam que as avenidas que dão acesso à ponte têm previsão de futura construção de ciclovias.

A Associação também defende que o projeto viola o artigo XIII da Declaração Universal do Direitos Humanos que trata do direito à locomoção por “cercear a liberdade daqueles que não têm condições de ter seu automóvel particular ou optam por fazer seus deslocamentos utilizando um transporte limpo que contribui para a redução dos congestionamentos”. Outra legislação citada pelo grupo é Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU) que dá “prioridade aos modos de transportes não motorizados sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado”.


Bookmark and Share


Fonte: Gabriel Jacobsen/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.