Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 30/05/2014
  • 07:10
  • Atualização: 07:15

Morre na Coreia do Sul mergulhador que trabalhava no resgate de corpos de balsa

Naufrágio deixou mais de 300 morto, segundo Guarda Costeira

  • Comentários
  • AFP

Um mergulhador sul-coreano morreu nesta sexta-feira quando tentava abrir um novo espaço de acesso à balsa que naufragou no mês passado, acidente que deixou mais de 300 mortos e desaparecidos, informou a Guarda Costeira.

O mergulhador de 46 anos, identificado como Kim, foi retirado da água em estado inconsciente e com o rosto coberto de sangue, segundo a mesma fonte.

A morte foi confirmada no hospital, mas a causa do óbito ainda não foi determinada. Este foi o segundo mergulhador que morreu na operação de resgate de centenas de corpos da balsa Sewol, que naufragou em 16 de abril na costa sul do país.

A embarcação transportava 476 pessoas, a maioria estudantes. Até o momento foram recuperados 288 corpos. Os mergulhadores lutam contra as fortes correntes e trabalham em uma zona de visibilidade quase nula. Vinte deles foram tratados por ferimentos e por síndrome de descompressão rápida.

Bookmark and Share