Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 30/05/2014
  • 07:26
  • Atualização: 07:35

Assalto a taxista gera protesto por segurança em Porto Alegre

Motoristas chegaram a se deslocar para casa do governador, mas foram impedidos pela BM

  • Comentários
  • Dico Reis / Rádio Guaíba

Um assalto a um taxista, ocorrido na madrugada desta sexta-feira, na zona Sul de Porto Alegre, fez com que cerca de 30 motoristas realizassem um protesto no Morro Santa Teresa. Após o crime, os condutores chegaram a se deslocar até a casa do governador do Estado, Tarso Genro, mas foram impedidos da Brigada Militar (BM).

A manifestação começou após o assalto ao taxista, em que o motorista perdeu GPS, celular e dinheiro. Durante o protesto, o grupo seguiu o sinal do localizador até o lugar onde o crime aconteceu. Os taxistas promoveram um buzinaço e em seguida se deslocaram até o Palácio Piratini, onde bloquearam parte da avenida Ipiranga.  

Mais tarde, os taxistas foram até a casa do governador Tarso, no bairro Rio Branco, mas foram impedidos pelos policiais militares. Após a tentativa de protesto no local, os taxistas dispersaram.

A BM fez buscas no Morro Santa Teresa, mas nada foi localizado. O policiamento foi reforçado nas proximidades do Palácio Piratini e na casa do prefeito José Fortunati.

Bookmark and Share