Porto Alegre, terça-feira, 23 de Dezembro de 2014

  • 30/05/2014
  • 12:27
  • Atualização: 13:10

Prefeito de Porto Alegre garante que cortará ponto de grevistas

Servidores municipais anunciaram paralisação a partir de segunda-feira

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, garantiu nesta sexta-feira que cortará o ponto dos servidores municipais que entrarem em greve. Fortunati também afirmou que as funções gratificadas serão canceladas. 

Em assembleia realizada nessa quinta, servidores municipais de Porto Alegre rejeitaram a nova proposta da Prefeitura e confirmaram o início de greve a partir de segunda-feira. A decisão foi tomada por unanimidade entre os cerca de 2 mil presentes no Centro de Eventos do Parque da Harmonia.

A Prefeitura acenou com a concessão, em um prazo de até dez dias, de reajuste referente ao IPCA/IBGE (inflação oficial) do período, mediante manutenção da normalidade do trabalho, sem ocorrência de greve. Anteriormente, o Executivo havia oferecido 2,5% de aumento salarial e R$ 1 no vale-alimentação, atualmente de R$ 15. Já os trabalhadores reivindicam percentual de 20% de reajuste e aumento do vale-alimentação para R$ 23, além de isonomia salarial, valorização dos servidores e melhores condições de trabalho.

Bookmark and Share