Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 31/05/2014
  • 10:35
  • Atualização: 10:49

Polícia gaúcha receberá blindado com jato d’água para conter protestos

Caminhão deve ser entregue pelo Ministério da Justiça em 9 de junho

  • Comentários
  • Lucas Rivas / Rádio Guaíba

O Ministério da Justiça vai entregar à polícia gaúcha um caminhão blindado com canhão de jato d’água para conter manifestações de rua durante a Copa do Mundo. O veículo, batizado de ST Combat, deverá ser repassado em 9 de junho ao 1° Batalhão de Operações Especiais (BOE) em Porto Alegre.

A Brigada Militar nega que o papel do blindado com canhão d’água seja o de repressão, mas confirma que a ideia é dispersar manifestantes sem que esses saiam feridos. “Ele é fundamental tanto para segurança da nossa tropa quanto dos manifestantes para não ter o combate corpo a corpo, se for o caso", disse o comandante do 1º BOE, coronel Alexandre Bueno Bortoluzzi.

Fabricado em São Paulo, o ST Combat é um carro de controle de distúrbios civis capaz de suportar tiros de fuzil. O veículo pesa 20 toneladas e comporta até 4 mil litros de água, cujo alcance do lançamento chega a 60 metros de distância. Liso por fora para evitar que subam nele, o blindado também é equipado com escotilhas laterais para o disparo de granadas de efeito moral e de gás lacrimogêneo.

Todas as janelas do ST Combat são gradeadas e a velocidade comportada pelo motor chega a 120 km/h. A capacidade total de transporte é de 21 policiais militares, incluindo motorista, operador de canhão d’água e tropa de choque. O Ministério da Justiça deve encaminhar um blindado semelhante em cada uma das 12 cidades-sede do Mundial.

Bookmark and Share