Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 01/06/2014
  • 08:56
  • Atualização: 09:02

Polícia rodoviária pede permanência de pardais antigos

Cerca de 45 radares e 20 câmeras para monitoramento serão instaladas em treze rodovias

  • Comentários
  • Correio do Povo

Policiais rodoviários que atuam na ERS 240 e ERS 122, no Vale do Caí, estão finalizando um documento para entregar ao governo do Estado nos próximos dias. No material, consta a solicitação de que, mesmo com os novos controladores de velocidade fixos que serão instalados nos próximos meses, os atuais equipamentos permaneçam nas estradas.

O comandante da Polícia Rodoviária de Montenegro, sargento Elodir dos Santos Corrêa, destaca que na ERS 240 acontece o mesmo. “Os testes com os novos pardais estão acontecendo na ERS 287, em Candelária, e na ERS 453, em Caxias do Sul. Ao todo, serão 45 pardais e 20 câmeras de videomonitoramento instaladas em treze rodovias, três delas do Vale do Caí. No entanto, a previsão é de que os novos controladores comecem a funcionar e multar apenas em setembro.” Elodir recorda que os locais que receberão os novos aparelhos não serão os mesmos que já possuem os pardais. “Assim teríamos mais fiscalizadores, mesmo sem funcionar, os condutores ficariam mais atentos e responsáveis”, comenta.

Os novos pontos para os pardais foram definidos por meio de estudos quanto ao fluxo de veículos e índice de acidentes nas rodovias. Conforme o Departamento de Estradas e Rodagem, os locais exatos ainda não podem ser divulgados em função de uma legislação do Contran de 2011, que permite que a autarquia não informe os dados.

Aguirre destaca que os policiais estão intensificando a fiscalização nas rodovias da região com o uso de radares móveis. Apenas no domingo do Dia das Mães, ele afirma que foram registradas 1.136 multas por excesso de velocidade. Na ERS 240, o trecho entre o bairro Scharlau, em São Leopoldo, e a entrada de Montenegro deve receber quatro pardais e duas câmeras de monitoramento. O Daer afirma que, assim que oficializado, avaliará o pedido dos agentes para a permanência dos fiscalizadores sem operação.


Bookmark and Share


TAGS » Polícia, Pardais