Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

01/06/2014 11:13 - Atualizado em 01/06/2014 11:29

Dois homens são presos com cocaína do tipo “escama de peixe”

Dupla tinha 100 gramas de droga com qualidade puríssima, afirma delegado

Dupla tinha 100 gramas de droga com qualidade puríssima, afirma delegado<br /><b>Crédito: </b> Denarc / Divulgação / CP
Dupla tinha 100 gramas de droga com qualidade puríssima, afirma delegado
Crédito: Denarc / Divulgação / CP
Dupla tinha 100 gramas de droga com qualidade puríssima, afirma delegado
Crédito: Denarc / Divulgação / CP

Após denuncia anônima, agentes da 3ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico (3ª DIN), do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) prenderam em flagrante neste sábado dois homens de 19 anos e 20 anos por tráfico de drogas e associação para o tráfico, na rua Pasqual Parulla, Vila Ipiranga, Zona Norte da Porto Alegre

Na ação, foram apreendidas duas buchas grandes de cocaína, pesando cerca de 100 gramas e uma folha com anotações do tráfico de entorpecentes. O delegado Rafael Pereira, responsável pela ação, disse que a droga apreendida é do tipo “escama de peixe”, com qualidade puríssima. Ainda conforme a polícia, o jovem de 20 nos, possui antecedentes por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

O delegado ressaltou a importância do disque-denúncia do Departamento, “porque através dele, retiramos mais dois indivíduos que traficavam nas ruas de Porto Alegre", contou Pereira. Os presos foram encaminhados ao Presídio Central.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.