Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 01/06/2014
  • 17:52
  • Atualização: 18:25

NSA coleta milhões de fotos para reconhecimento facial, diz jornal

Reportagem do The New York Times destacou que a agência intercepta "milhões de imagens por dia"

  • Comentários
  • AFP

A Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) está coletando grandes quantidades de imagens de pessoas para usar em programas de reconhecimento facial, noticiou neste domingo o jornal The New York Times, citando documentos secretos.

Segundo o periódico, os documentos, obtidos pelo ex-analista de inteligência dos Estados Unidos e foragido Edward Snowden, mostram um aumento significativo da confiabilidade na tecnologia de reconhecimento facial usada pela agência nos últimos quatro anos.

A reportagem destacou que a NSA utiliza um novo software para explorar uma avalanche de imagens incluídas em e-mails interceptados, em mensagens de texto e nas redes sociais, em videoconferências e outras comunicações.

O jornal citou documentos de 2011 e destacou que a NSA intercepta "milhões de imagens por dia", inclusive 55 mil "imagens de qualidade de reconhecimentos faciais".

As imagens representam "um tremendo potencial inexplorado", acrescentou a matéria, segundo a qual os dirigentes da NSA pensam que os avanços tecnológicos podem revolucionar a forma como as agências de inteligência assumem seus objetivos.

O Times indicou que não estava claro como ou quantas pessoas tinham sido retratadas, mas destacou que nem as leis de privacidade, nem as leis de vigilância dos Estados Unidos proporcionam proteções específicas para imagens faciais.

No entanto, uma porta-voz da NSA disse que a agência deveria contar com aprovação da justiça para usar as imagens dos americanos que coleta através de seus programas de vigilância.

A agência tem estado no centro da polêmica sobre o avanço de seu programa de vigilância eletrônica global a partir de revelações feitas por Edward Snowden, em junho de 2013.

Bookmark and Share