Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 25º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

03/06/2014 19:57 - Atualizado em 03/06/2014 19:58

Vistoria da Justiça no semiaberto encontra casa com presos trabalhando e outra esvaziada

Visitas da Vara de Execuções Criminais de Porto Alegre foram realizadas em Charqueadas e Gravataí

Nas duas primeiras visitas a casas prisionais do regime semiaberto fiscalizadas pelo judiciário nesta semana, não foram registrados problemas estruturais ou de superlotação. Cada uma delas por um motivo. Em Gravataí, a maioria dos presos trabalha. Em Charqueadas a unidade está com um número mínimo de presos em função de uma reforma.

De acordo com o juiz Paulo Irion, no Instituto Penal de Gravataí cerca de 60 presos cumprem pena, atingindo a capacidade. Já no Instituto Penal de Charqueadas são 32 apenados. O número é reduzido em função da recuperação que está sendo realizada na casa, que já chegou a abrigar 400 pessoas.

As visitas ocorrem em unidades prisionais do regime semiaberto pertencentes à Vara de Execuções Penais de Porto Alegre. As vistorias prosseguem na Fundação Patronato Lima Drumond, no dia cinco, no Instituto Penal Irmão Miguel Dario, no dia nove; no Instituto Penal Pio Buck, no dia 10; e no Instituto Penal de Canoas, no dia 11.


Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.