Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 04/06/2014
  • 10:38
  • Atualização: 10:40

Governo muda cobrança de IOF em empréstimos externos

Decreto reduziu de 360 para 180 dias prazo médio mínimo das captações de alíquota zero

  • Comentários
  • AE

Para facilitar a captação de recursos no mercado externo por parte de empresas e bancos, o Ministério da Fazenda informou que o governo publicou, nesta quarta-feira, no Diário Oficial da União (DOU) decreto que traz mudanças em relação à cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre empréstimos externos.

O decreto reduz de 360 para 180 dias o prazo médio mínimo das captações externas que terão alíquota zero do IOF. Para operações inferiores a 180 dias, a alíquota de IOF fica mantido em 6%.

Segundo a Fazenda, a medida terá reflexos positivos sobre o custo e a oferta de funding para os agentes econômicos no País. A mudança representa um custo fiscal estimado em R$ 10,31 milhões em 2014, R$ 18,19 milhões em 2015 e R$ 18,44 milhões em 2016.


Bookmark and Share