Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 05/06/2014
  • 10:29
  • Atualização: 10:41

Obras de saneamento vão beneficiar nove cidades gaúchas

Corsan investirá R$ 280 milhões nas bacias hidrográficas dos rios Gravataí e do Sinos

  • Comentários
  • Correio do Povo

Nesta quinta-feira, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) assinou autorização para que sejam publicados editais de obras de saneamento em nove municípios das bacias hidrográficas dos rios Gravataí e do Sinos. O ato deu início oficial aos procedimentos licitatórios, que serão lançados na sexta-feira.

Por meio do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), o valor total a ser licitado, nesta fase, ultrapassa os R$ 280 milhões. Os recursos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal e os municípios contemplados nessa etapa são Canoas, Estância Velha, Nova Hartz, Nova Santa Rita, Parobé, Portão, Santo Antônio da Patrulha, Sapiranga e Taquara.

R$ 4,4 bilhões para o saneamento

Este será o maior plano de investimento da história da Corsan. Entre recursos próprios da empresa e do PAC, já estão garantidos R$ 4,4 bilhões para o saneamento básico do Rio Grande do Sul até 2018. Somente para os sistemas de esgoto, com a meta de duplicar a cobertura no tratamento, o valor é de R$ 3,9 bilhões, aproximadamente.

A Região Hidrográfica do Guaíba, que comporta nove bacias, é a que conta com o maior volume de recursos, alcançando a marca de R$ 2,3 bilhões. Com a conclusão dos empreendimentos, as maiores cidades da Região Metropolitana alcançarão índices de tratamento de esgoto entre 70% e 80%, colaborando com o rejuvenescimento dos rios Gravataí, Guaíba e do Sinos, que poderão ter uma condição semelhante à de 40 anos atrás.

Bookmark and Share