Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Trânsito

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/06/2014 11:48 - Atualizado em 05/06/2014 11:58

EPTC vai reforçar fiscalização em táxis no período da Copa

Objetivo é verificar a aplicação correta dos valores cobrados

Objetivo é verificar a aplicação correta dos valores cobrados<br /><b>Crédito: </b> Samuel Maciel / CP Memória
Objetivo é verificar a aplicação correta dos valores cobrados
Crédito: Samuel Maciel / CP Memória
Objetivo é verificar a aplicação correta dos valores cobrados
Crédito: Samuel Maciel / CP Memória

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) promete uma fiscalização mais intensa nos táxis de Porto Alegre durante o período da Copa do Mundo. O objetivo é verificar a aplicação correta dos valores cobrados, bem como a necessidade de eventual orientação de turistas e as abordagens deverão acontecer em toda a cidade e não apenas nos principais trajetos que levam ao estádio Beira-Rio, garante o diretor-presidente Vanderlei Cappellari.

Uma parceria entre o Procon de Porto Alegre e a EPTC vai viabilizar durante a Copa informações nos táxis sobre como ter acesso ao serviço de proteção ao consumidor. Nesta quinta-feira começaram a ser entregues adesivos para 270 táxis que circulam no aeroporto Salgado Filho e, posteriormente, nos 460 veículos da rodoviária. O trabalho deve ser concluído nesta sexta-feira e, ao todo, serão fornecidos mil adesivos que informam, em três idiomas (Português, Inglês e Espanhol), a localização e o telefone do Procon para reclamações dos turistas que circularem pela Capital.

Para a diretora executiva do Procon de Porto Alegre, Flávia do Canto, os adesivos servem para instruir o passageiro sobre seus direitos. “Muitos consumidores não sabem, mas o serviço de táxi é um serviço público essencial que também é regulamentado pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor, ou seja, a população deve reclamar da atuação dos motoristas no Procon quando ocorrer cobrança abusiva”, disse.

O objetivo é evitar a ocorrência dos mesmos problemas registrados no ano passado, durante o Mundial de Atletismo Master, quando competidores estrangeiros foram transportados com taxímetros desligados. A EPTC afirma que, até a Copa, todos os veículos da cidade terão os taxímetros com as tabelas atualizadas sem a necessidade do uso do documento manual.

Bookmark and Share


Fonte: Marcos Koboldt / Rádio Guaíba





» Tags:

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.