Correio do Povo

Porto Alegre, 25 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
9ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/06/2014 09:02

Bancos Europeus advertem sobre taxas de juros negativas

Diretores da EBF, Robert Priester,não acredita que medidas possam fomentar o crédito

A Federação Europeia de Bancos (EBF) advertiu nesta sexta-feira que a decisão do Banco Central Europeu de levar uma das taxas de juros a território negativo, uma medida que considera principalmente simbólica, pode repercutir nos clientes.

O BCE baixou na quinta-feira as principais taxas de juros e a taxa de depósitos dos bancos caiu a -0,10%, ou seja, as entidades terão que pagar para guardar seu dinheiro na instituição europeia, uma medida para incitá-las a conceder créditos.

"As taxas de juros negativas, embora seja (uma decisão) histórica, é principalmente simbólica", comentou um dos diretores da EBF, Robert Priester, que considerou que "o impacto que terá não está claro". Mas, "como bancos, não compartilhamos o entusiasmo pelos juros negativos. Pode-se dizer que penaliza os bancos que guardam seu dinheiro no BCE e está comprovado que as taxas negativas afetam a rentabilidade do setor bancário", segundo Priester.

Por isso, "os efeitos podem ser duradouros", adverte Priester, que não acredita que as taxas negativas possam fomentar o crédito. "A demanda de crédito continua sendo insuficiente e os mercados financeiros da Eurozona continuam muito fragmentados, o que pode ter como consequência que os custos sejam pagos pelos clientes", advertiu.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.