Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
16º 27º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/06/2014 18:15 - Atualizado em 06/06/2014 18:37

Reunião termina sem acordo e municipários mantêm greve na Capital

Encontro foi realizado na Câmara de Vereadores com vice-prefeito Sebastião Melo

Após uma reunião com o vice-prefeito Sebastião Melo, o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) realizou assembleia, na tarde desta sexta-feira, quando foi definida a manutenção da greve, que já dura cinco dias. No encontro, mediado por vereadores na Câmara Municipal, os diretores sindicais se mostraram favoráveis à aceitação da proposta da Prefeitura no que se refere aos planos de saúde e de carreira. O primeiro está em processo de licitação e, em relação ao segundo, foi criada uma comissão, com representantes dos municipários, para tratar do tema.

• Greve dos municipários prejudica coleta de lixo em Porto Alegre
• Assembleia discute indicativo de greve dos municipários em Porto Alegre
• Greve dos municipários deve afetar diversos serviços na Capital
• Municipários antecipam assembleia para discutir fim da greve
• Segundo dia da greve dos municipários compromete coleta de lixo em Porto Alegre

A diretora Débora Xavier ressalta, porém, que persiste o impasse sobre a questão salarial e o desconto dos dias parados. O sindicato pede 20% de aumento, enquanto o Executivo ofereceu apenas a reposição da inflação, de 6,28%. O prefeito José Fortunati também informou que vai descontar os dias de greve dos servidores, bem como suspender as Funções Gratificadas de quem aderir. O Simpa, entretanto, pede o abono dos dias.

Na assembleia, foram definidos novos atos, como protesto às 9h de segunda-feira em frente ao Paço Municipal, com caminhada. Às 9h de terça ocorre mais uma assembleia.

A greve compromete serviços em áreas como as da saúde, educação, trânsito e limpeza. A prefeitura já obteve duas decisões judiciais para evitar prejuízo. Nesta tarde o Simpa foi notificado sobre a proibição de impedir a entrada ou saída de caminhões e de funcionários das empresas contratadas pela Prefeitura e a depredação de qualquer bem público municipal, além de garantir a prestação dos serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. A ação havia sido impetrada ontem pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) também obteve liminar para garantir a desobstrução da estação de transbordo da Lomba do Pinheiro, que ficou bloqueada de terça até a manhã de hoje. Com isso, cerca de 30% da coleta de lixo orgânico foi afetada.

Bookmark and Share


Fonte: Camila Kila/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.