Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 06/06/2014
  • 20:15
  • Atualização: 20:55

Audiência de mediação entre rodoviários e empresas fica para segunda-feira

Porto Alegre pode ter paralisação dos ônibus aos moldes de São Paulo nos próximos dias

Audiência de mediação entre rodoviários e empresas fica para segunda-feira | Foto: Mauro Schafer / CP Memória

Audiência de mediação entre rodoviários e empresas fica para segunda-feira | Foto: Mauro Schafer / CP Memória

  • Comentários
  • Fernanda Pugliero / Correio do Povo

A audiência de mediação entre rodoviários e o sindicato patronal das empresas de ônibus de Porto Alegre, marcada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-4), que deveria ter ocorrido na tarde de hoje, acabou cancelada. Uma nova reunião foi acertada para segunda-feira, às 14h.

Na quinta-feira, em reunião com a desembargadora, representantes do sindicato patronal apresentaram propostas para resolver impasses pendentes quanto ao dissídio da categoria, negociado esse ano apenas após intervenção judicial, devido à greve da categoria no início do ano.

A patronal acertou na quinta que descontaria dos salários dos trabalhadores apenas parte dos 15 dias não trabalhados durante a greve. A outra parte seria paga a partir de compensações na jornada de trabalho. Como o sindicato não se manifestou hoje ao Tribunal sobre esse acerto, a reunião acabou transferida para segunda-feira.

Paralisação aos moldes de São Paulo

Nos bastidores, a categoria articula uma nova paralisação, caso as revindicações não sejam contempladas. A data ainda, no entanto, não está definida. Os líderes da comissão de negociação, formada para negociar o dissídio desse ano, afirmam que a nova paralisação será nos moldes da de São Paulo, ou seja, os ônibus saem das garagens e serão abandonados nas vias.

Bookmark and Share