Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 09/06/2014
  • 00:09
  • Atualização: 00:11

Ar seco e frio define condições do tempo no RS nesta segunda-feira

Estado terá predomínio de sol e manhã fria, com mínima ao redor do 0°C

  • Comentários
  • Metsul

A massa de ar seco e frio que começou a ingressar neste domingo no Estado define as condições do tempo na segunda-feira. O sol predomina, apesar de nuvens esparsas em algumas regiões. Pode ocorrer formação de nevoeiro em pontos localizados de várias regiões na madrugada e ao amanhecer.

O ar frio deverá ter atuação maior no Oeste, Sul e parte do Centro do Rio Grande do Sul, onde o amanhecer é mais frio, até com chance de geada na Campanha e na fronteira com o Uruguai. Ar mais quente começa a retornar à Metade Norte, garantindo uma tarde agradável.

As mínimas podem chegar a 0°C em Santana do Livramento e 2°C em Bagé. As máximas, por sua vez, devem atingir 21°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 7°C e 20°C.

Enchentes. Inundações. Rios fora do leito. Deslizamentos de terra. Queda de barreiras. Bloqueio de estradas. Dezenas de milhares de pessoas afetadas. Este é o saldo da chuva extrema que atingiu Santa Catarina e o Paraná no fim de semana, confirmando os alertas emitidos pela MetSul. Os volumes de chuva nos dois estados são espantosos. As áreas mais castigadas no território catarinense foram as de Blumenau, Joinville e Jaraguá do Sul, onde em alguns pontos a chuva ficou entre 300 mm e 350 mm.

O pior, contudo, se deu no Paraná. Dados do Instituto Simepar mostram que a precipitação na região de Guarapuava superou 400 mm só entre sexta e domingo, o que equivale a quase um terço da média de chuva do ano todo em Porto Alegre.

Muitas cidades paranaenses tiveram de 200 a 350 mm com volumes diários em algumas de 150 mm a 200 mm. A boa notícia é que o ar seco que avança pelo Rio Grande do Sul também alcançará os dois estados, proporcionando a melhora do tempo nas regiões afetadas.

Bookmark and Share