Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 09/06/2014
  • 16:15
  • Atualização: 16:17

Polícia detona explosivo encontrado em casa de suspeito morto em tiroteio

Artefato conhecido como banana de emulsão provocou forte estrondo

  • Comentários
  • Hygino Vasconcellos / Correio do Povo

Os policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) detonaram na tarde desta segunda-feira o explosivo conhecido como banana de emulsão, utilizada em pedreiras, que foi localizado no interior da residência de um dos suspeitos mortos em tiroteio com a polícia na última sexta-feira, em Candelária, após uma tentativa de ataque a um carro forte.

O material, informou o delegado Joel Wagner, pesava cerca de 400g, e estava escondido embaixo da churrasqueira da casa. Segundo a Polícia, em função da bagunça do local, as pessoas deixaram a casa às pressas.

Cinco homens do Gate participaram da operação de detonação. Eles recolheram o explosivo e o levaram até um terreno baldio, envolveram o artefato em um colchão e efetuaram a detonação. O impacto acabou danificando a grade do terreno onde estava o material.