Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 09/06/2014
  • 17:21
  • Atualização: 17:45

TRT julga abusiva greve dos rodoviários realizada em fevereiro na Capital

Presidente do sindicato afirmou que a decisão revolta a categoria e que irá recorrer da decisão

Greve realizada em fevereiro gerou filas nos pontos de ônibus em Porto Alegre  | Foto: Ricardo Giusti/ PMPA / Dovulgação / CP

Greve realizada em fevereiro gerou filas nos pontos de ônibus em Porto Alegre | Foto: Ricardo Giusti/ PMPA / Dovulgação / CP

  • Comentários
  • Eduardo Paganella / Rádio Guaíba

Os desembargadores da Sessão de Dissídios Coletivos do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4) consideraram abusiva a greve dos rodoviários no início de 2014, em Porto Alegre. Conforme os magistrados, o Sindicato dos Rodoviários descumpriu, em fevereiro, os acordos estabelecidos nas reuniões de mediação durante a paralisação e da decisão liminar emitida pela Justiça do Trabalho no período.

O Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre foi multado em R$ 300 mil, valor bem abaixo do que havia sido estipulado, que era de R$ 1 milhão. Além disso, sete dos 13 dias parados serão descontados dos rodoviários. Ou outros seis dias serão compensados até o mês de setembro.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre, Júlio Gamaliel, afirmou que a decisão revolta a categoria. Ele antecipou que o sindicato vai recorrer da multa e que, nos próximos dias, a categoria decide se vai tomar alguma medida. “Considero injusta essa decisão. Acredito que a prefeitura também deveria ter sido multada por conta da paralisação. Vamos recorrer da multa”, esclareceu.

Bookmark and Share