Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
16º 26º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/06/2014 20:49 - Atualizado em 09/06/2014 20:50

Trensurb finaliza negociação descartando cestas básicas para metroviários

Trabalhadores discutem proposta na terça-feira e podem parar a partir de sexta-feira

Com a ameaça de greve dos metroviários a partir da próxima sexta-feira, a Trensurb descartou nesta segunda-feira o pagamento de cestas básicas aos trabalhadores. A direção fez uma proposta de reajuste de 15% a 17% sobre o plano de carreira de todos os cargos, além da reposição da inflação a partir de julho.

Na última rodada de negociação, no fim de maio, o Sindimetrô acrescentou cláusulas para fechar um acordo quando houve o pedido de pagamento das cestas. Os trabalhadores dizem que os metroviários de Curitiba, por exemplo, já receberam o benefício.

A empresa não pretende aumentar a oferta aos servidores, segundo o presidente da Trensurb, Humberto Kasper. “Acreditamos que esse acordo seja firmado porque os demais sindicatos já aceitaram. Estamos pagando muito acima da inflação, é uma proposta dentro das possibilidades e não vamos deixar a população sem transporte. É muito estranha essa resistência dos metroviários justamente às vésperas da Copa”, destacou.

Se a greve for deflagrada, a empresa pretende ingressar na Justiça para solicitar que 100% dos funcionários sigam trabalhando no horário de pico. Além disso, medidas poderão ser tomadas para evitar o bloqueio das estações do metrô.

“Esperamos que a empresa venha com uma contraproposta porque o pessoal está se organizando para começar a greve. Não queremos abrir mão desse pedido”, ressaltou o secretário jurídico da entidade sindical, Ailton Cavalheiro. Os trabalhadores vão se reunir em assembleia para definir os rumos da paralisação na tarde desta terça-feira.

Bookmark and Share



Fonte: Samantha Klein/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.