Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 10/06/2014
  • 09:59
  • Atualização: 10:25

Porto Alegre tem menor inflação semanal entre as capitais, aponta FGV

Preço de costela, frango e leite contribuiu para queda do IPCS

  • Comentários
  • Correio do Povo

Porto Alegre registrou a menor inflação semanal entre as capitais brasileiras nos últimos 30 dias, conforme dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou variação de 0,23% na primeira semana de junho. O resultado foi 0,25 ponto percentual inferior ao da quarta prévia de maio, que foi de 0,48%.

Os gêneros alimentícios contribuíram para a queda do IPCS, com destaque para a costela, (-4,80%),o frango inteiro (-4,43%), o leite longa vida (-0,69%), o pão francês (-0,37%), a carne bovina, (-0,11%), frutas (-5,77%), hortaliças e legumes, (-4,33%). As maiores baixas foram da bergamota (-11,45%) e da laranja (-10,64%). O tomate, no entanto, continua em alta (7,95%). O feijão preto (8,12%) e a erva mate (3,98%) também continuam em alta, ambos por conta da baixa oferta do produto.

Nesta edição, sete das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram desaceleração em suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos: Educação, Leitura e Recreação e Alimentação, cujas taxas passaram de 1,95% para 0,75%, e de 0,51% para 0,02%, respectivamente.

A análise deste resultado mostra que as pressões acima da variação média foram exercidas pelos grupos: Despesas Diversas; 1,02%, Educação, Leitura e Recreação; 0,75%, Vestuário; 0,71%, Comunicação; 0,41%, Saúde e Cuidados Pessoais; 0,37% e Transportes; 0,26%. Mostra também que se situaram em nível abaixo da variação média os grupos: Alimentação; 0,02% e Habitação; -0,08%.

Bookmark and Share