Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 11/06/2014
  • 08:17
  • Atualização: 11:35

Em tempo de Copa, até Dia dos Namorados é oportunidade para torcer

Apaixonados aproveitarão estreia do Brasil para comemorar paixão pelo futebol

Bruna Gross e Lucas Oaigen compartilham a paixão pelo futebol e em alguns momentos chegam a jogar juntos | Foto: Arquivo Pessoal / CP

Bruna Gross e Lucas Oaigen compartilham a paixão pelo futebol e em alguns momentos chegam a jogar juntos | Foto: Arquivo Pessoal / CP

  • Comentários
  • Bruna Cabrera / Correio do Povo

A abertura da Copa do Mundo será em 12 de junho, mesma data em que se comemora o Dia dos Namorados no Brasil. Para os que pensam que a coincidência de datas pode ser um problema, três casais gaúchos mostram que aliar as duas comemorações pode ser até divertido. O futebol faz parte da história desses apaixonados e o Mundial só vai apimentar a relação.

Clima de romance dentro de campo
Primeiro Dia dos Namorados
Copa marca momentos especiais

Bruna Gross e Lucas Oaigen compartilham a paixão pelo futebol e em alguns momentos chegam a jogar juntos. “É difícil brigarmos por causa do futebol, este é um dos motivos de felicidade para nós”, conta Lucas. Eles ainda aproveitam a experiência para trocar dicas: “ela diz que eu preciso parar mais em pé, que eu caio muito, já ela prende demais a bola, tem que parar de ser fominha”, brinca o namorado aos risos.

Guilherme Wunder e Larissa Oliveira terão o primeiro dia dos namorados juntos. O namoro já rendeu alguns desafios futebolísticos para os dois fanáticos. Guilherme foi convidado pela namorada a assistir ao jogo do time adversário. Ele topou, mas quase se meteu em uma confusão. “O dia dos namorados é um momento lindo e este será o primeiro dia dos namorados que passamos com alguém, estamos começando e quero que seja lindo”, revela Guilherme para Larissa.

Carolina Fernandes Martins e Guilherme Furtado Bartz têm mais experiência no assunto. Entre idas e vindas, as Copas da Alemanha e da África do Sul, em 2006 e 2010, aproximaram o casal, que hoje, depois de quatro anos de relacionamento, terão a oportunidade de acompanhar um Mundial juntos e namorando. “A Copa será ainda melhor ao lado dele”, diz Carolina cheia de expectativas.

A Copa do Mundo no Brasil vai proporcionar a esses casais uma oportunidade única: comemorar num mesmo dia o amor um pelo outro e a paixão pelo futebol. O fato é raro, já que o último Mundial que aconteceu no Brasil foi em 1950, quando o Uruguai bateu a Seleção na final da competição em pleno Maracanã lotado.

Bookmark and Share