Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 14/06/2014
  • 18:28
  • Atualização: 18:30

Inclinação e umidade do solo motivaram queda de árvore na Praça da Alfândega

Jacarandá de dez metros já havia passado por podas especificas para reduzir o peso

Queda do Jacarandá não deixou ninguém ferido | Foto: Fabiano do Amaral

Queda do Jacarandá não deixou ninguém ferido | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) esclareceu neste sábado que o jacarandá que tombou na Praça da Alfandega, no Centro de Porto Alegre, nessa sexta-feira, veio abaixo devido ao excesso de inclinação, e também em função da umidade do solo, em decorrência da chuva.

A árvore de aproximadamente 10 metros de altura havia sido plantada na década de 70. A Smam garante que já vinha monitorando as condições do jacarandá, que chegou a passar por uma poda especifica para ter o peso da copa reduzido.

O jacarandá caiu à tarde enquanto chovia forte na Capital. Ninguém ficou ferido. O vegetal foi serrado e removido horas depois.

A árvore não chegou a ser inspecionada por uma equipe técnica de São Paulo que examinou diversos vegetais em Porto Alegre, após a morte de um juiz atingido por um eucalipto, no Parque da Redenção, em agosto do ano passado.

Bookmark and Share