Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 18/06/2014
  • 13:10

Criador do WikiLeaks acompanha Copa e torce pelo Equador

Julian Assange afirmou que prédio da embaixada em Londres não tem bom sinal da transmissão

Criador do WikiLeaks acompanha Copa e torce pelo Equador | Foto: Leon Neal / AFP / CP

Criador do WikiLeaks acompanha Copa e torce pelo Equador | Foto: Leon Neal / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O fundador do portal de documentos secretos oficiais Wikileaks, Julian Assange, que vive há dois anos refugiado na embaixada equatoriana em Londres, acompanha a Copa do Mundo do Brasil e torce para o Equador. "Estou assistindo ao Mundial, apesar da recepção neste edifício ser bastante difícil, talvez isto dificulte que os microfones transmitam através das paredes", disse em uma entrevista coletiva por telefone.

"Com certeza, o Equador merece vencer o Mundial, tem uma equipe muito boa. Mas acredito que há tanto prestígio em jogo para o Brasil que eles serão os prováveis vencedores", disse Assange, que é australiano mas não tem boas relações com o governo do país, que o acusa de não ter fornecido assistência legal.

Nesta quinta-feira Assange completará dois anos refugiado na embaixada equatoriana para evitar sua extradição à Suécia, onde duas mulheres o acusam de agressão sexual. O australiano teme que uma vez na Suécia seja extraditado aos Estados Unidos e condenado por espionagem pelas revelações do WikiLeaks.

Bookmark and Share