Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
15º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/06/2014 20:15 - Atualizado em 20/06/2014 20:31

Governador vai respeitar prazo regimental para sancionar mudanças na Lei Kiss

Tendência é de que mudanças no texto original virem lei até o fim da próxima semana

O governador Tarso Genro vai aguardar o prazo regimental para sancionar o Projeto de Lei Complementar 84, que estabeleceu mudanças na legislação estadual contra incêndio – a chamada lei Kiss – no Rio Grande do Sul. A data limite é 30 de junho e a tendência é de que Tarso Genro formalize a sanção até o fim da próxima semana. A medida é necessária para que o projeto se transforme em lei. A vigência vai depender da regulamentação do Executivo, que deve ser finalizada em um mês, segundo a assessoria de imprensa da Casa Civil. A partir daí, os municípios terão um ano para se adequarem.

• Leia mais sobre a Lei Kiss

Tarso segue analisando o texto. O objetivo da revisão do chefe de Estado é evitar brechas que possam prejudicar a implementação das regras a partir de 2015. A intenção é de que as medidas tornem mais rígidas as fiscalizações das prefeituras e do Corpo de Bombeiros, a fim de evitar riscos de incêndio. A postura do governo é de manter cautela e não acelerar o processo.

Uma das justificativas para as eventuais falhas na lei, que foram corrigidas com as alterações aprovadas em plenário, foi a de que os deputados se apressaram na formulação por estarem impactados diante do calor da tragédia da boate Kiss, que matou 242 pessoas, em janeiro do ano passado.

Bookmark and Share

Fonte: Voltaire Porto/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.