Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
18º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/06/2014 11:17 - Atualizado em 23/06/2014 11:33

Fepam começa análise de documentos sobre nova Ponte do Guaíba

Estrutura de 7,3 quilômetros está orçada em R$ 649,6 milhões

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) começou nesta segunda-feira a análise dos projetos para a construção da nova Ponte do Guaíba. A diretora-presidente substituta da Fepam, Dolores Pineda, informou que a partir do recebimento dos documentos entregues pela construtora Queiroz Galvão na semana passada, os técnicos da fundação terão o prazo legal de seis meses para a conclusão da análise do material. “O trabalho pode ser concluído antes desse prazo, talvez em três ou quatro meses“, explicou.

Depois de concluído o trabalho pelo Setor de Infraestrutura, a Fepam deve emitir a licença de instalação que permitirá o início das obras. Segundo Dolores, os documentos referentes ao projeto da nova Ponte do Guaíba estão sendo avaliados por uma equipe formada por engenheiros, arquitetos, biólogos, engenheiros florestais e geólogos. “Se tivermos dúvidas sobre qualquer item do projeto da nova ponte vamos chamar a empresa para discutir com os técnicos da Fepam”, destacou Dolores.

A nova Ponte do Guaíba terá uma extensão de 7,3 quilômetros e está orçada em R$ 649,6 milhões em recurso do governo federal. A estrutura que terá 28 metros de largura, com duas faixas de rolamento, com acostamentos e refúgio central para cada sentido da via, vai ligar Porto Alegre ao Sul do Estado, passando pela Ilha do Pavão até a Ilha Grande dos Marinheiros. A estimativa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) é de que 50 mil veículos utilizem diariamente a nova ponte.

Segundo o projeto apresentado pelo Dnit em novembro do ano passado, a estrutura vai começar na rua Dona Teodora, no bairro Humaitá, entre a ponte atual e a BR 448, a Rodovia do Parque. No local, serão construídas as alças que passarão por cima da BR 290,a Freeway. A ponte passará pela Ilha do Pavão. Só depois desse percurso, entra na Ilha Grande dos Marinheiros, interligando-se à atual ponte, em direção ao município de Guaíba.


Bookmark and Share


Fonte: Cláudio Isaías / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.