Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/06/2014 12:45 - Atualizado em 23/06/2014 12:46

Governo assina termo de cooperação para desconto nas dívidas da Cohab

Oportunidade é válida para aqueles que tiveram o crédito adquirido pela Caixa Econômica Federal

Os mutuários da extinta Companhia de Habitação do Rio Grande do Sul (Cohab/RS) agora poderão quitar suas dívidas com desconto de até 90%. A oportunidade é válida para aqueles que tiveram o crédito adquirido pela Caixa Econômica Federal, e surgiu a partir da assinatura do convênio entre o governo do Estado e a instituição bancária, que ocorreu nesta segunda-feira, no gabinete do governador Tarso Genro, em Porto Alegre.

A ação pretende regularizar cerca de 9 mil imóveis, fixando a dívida de cada mutuário em, no máximo, R$2 mil - independente se o valor real seja muito maior. “O mutuário também poderá parcelar sua dívida em até 12 vezes”, revela o secretário da Secretaria de Habitação e Saneamento (Sehabs), Marcel Frisson. Segundo ele, o Estado não terá participação financeira na ação. “Este é um processo que não custará um centavo para o governo”, frisa.

Até o momento, cerca de 5 mil famílias já quitaram os seus imóveis. De acordo com o superintendente regional da Caixa, Ruben Danilo Pickrodt, o convênio também promove outras oportunidades. “Este é um momento para que as moradias sejam legalizadas e, futuramente, queremos possibilitar a qualificação das mesmas”, afirma.

O governador Tarso Genro destacou a importância da parceria com a instituição bancária. “A Caixa vem sendo uma parceira fantástica da nossa gestão. E, nesta ação, poderemos ajudar cerca de 50 mil pessoas”, destaca.

Além do convênio, a Sehabs também está realizando uma ação para reduzir o passivo da extinta companhia, o Mutirão de Regularização de Imóveis da Cohab, que pretende conceder a escritura definitiva para mais de 43 mil mutuários.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.