Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Meio Ambiente

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/06/2014 20:01

Sobe para 29 número de cidades atingidas pela chuva forte no RS

Iraí e Cruzaltense podem ser as primeiras a decretar situação de emergência

Com as incessantes tempestades desde a última quarta-feira, a Defesa Civil Estadual já registra 29 municípios atingidos pela chuva forte, que também provoca enchentes no Rio Grande do Sul. A cidade de Iraí é a mais prejudicada e pode decretar situação de emergência. No município, 600 pessoas precisaram sair de causa por conta da cheia dos rios do Mel e do Guarita, afluentes do rio Uruguai. Entre os atingidos, 130 pessoas foram retiradas das residências pelo Corpo de Bombeiros e outras 470 estão desalojadas (procuraram abrigo na casa de amigos e parentes). Cruzaltense também cogita emitir o decreto. Barra do Guarita, Campo Novo e Tenente Portela também registraram problemas.

Em Tenente Portela, o prefeito Elido Balestrin distribuiu as tarefas entre secretarias e Defesa Civil para avaliar os prejuízos. A expectativa é pelo decreto de situação de emergência. “As estradas e pontes estão destruídas, mas ainda precisamos avaliar os danos neste final de semana. Está tudo debaixo d’água”, ressalta. A plantação de trigo foi totalmente perdida e os produtores de leite não conseguem entregar a produção para as indústrias.

As coordenadorias regionais da Defesa Civil na Metade Norte estão acompanhando a situação dos municípios e repassando as informações para a central da Defesa Civil. Há previsão de chuvas, pelo menos, até o próximo domingo. “Como os rios do Estado, anteriormente, já estavam com bons volumes, a chuva permanente nos alertou para possíveis problemas. Agora, as prefeituras devem fazer a avaliação dos prejuízos econômicos, sociais e ambientais com as enchentes”, destacou o coordenador estadual da Defesa Civil, Oscar Moiano.

Em todo o Estado, 817 pessoas tiveram que abandonar as residências em função de enchentes. O rio Uruguai atingiu o nível de 13,2 metros acima do normal na tarde desta quinta-feira, em Porto Mauá. O Corpo de Bombeiros de Frederico Westphalen monitora a situação de Caiçara, Iraí, Pinheirinho do Vale e Vicente Dutra. A corporação adverte que pode aumentar o número de desabrigados na região.

Cidades com problemas por causa da chuva

Cruzaltense
Barão do Cotegipe
Getúlio Vargas
Erechim
Erval Grande
Marcelino Ramos
Barra do Rio Azul
Maximiliano de Almeida
Ponte Preta
Nonoai
Viadutos
Caiçara
Campo novo
Tenente Portela
Jaboticaba
Palmitinho
Pinheirinho do Vale
Cristal do Sul
Cerro Grande
Iraí
Novo Tiradentes
Alpestre
Barra do Guarita
Vicente Dutra
Nova Candelária
Três de Maio
Novo Machado
Porto Mauá
Unistalda

Bookmark and Share

Fonte: Samantha Klein/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.