Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/06/2014 19:27 - Atualizado em 30/06/2014 19:29

Polícia Civil ouve familiares de homem encontrado esquartejado

Ainda não foram encontrados a cabeça e a perna direita da vítima

Encontrado corpo esquartejado no bairro Mario Quintana na Capital<br /><b>Crédito: </b> Divulgação Polícia Civil / CP Memória
Encontrado corpo esquartejado no bairro Mario Quintana na Capital
Crédito: Divulgação Polícia Civil / CP Memória
Encontrado corpo esquartejado no bairro Mario Quintana na Capital
Crédito: Divulgação Polícia Civil / CP Memória

A 3ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ouviu nesta segunda-feira a mãe, o irmão e a ex-companheira do homem encontrado esquartejado na noite de quinta-feira, em um córrego no final da Rua Ildefonso Luiz, no bairro Mário Quintana. Conforme a titular da 3ª DHPP, Jeiselaure Rocha de Souza, a vítima foi identificada por meio de impressões digitais como Wagner Silva de Souza, 40 anos. A mãe do homem, com quem a vítima residia, relatou que ele foi visto pela última vez na noite de quarta-feira.

Segundo Jeiselaure, já há indícios de quem poderia ter levado o corpo até o local e cometido o crime. Mas ela ressalva que resta ainda ocorrer a liberação de imagens de câmeras próximas ao local para avançar nas investigações.

“Na sexta-feira já tínhamos solicitado à Brigada Militar, que informou que estava com um problema no sistema. Hoje (segunda-feira) solicitamos para a EPTC”, revelou a delegada.

Apesar das buscas, não foram encontrados ainda a cabeça e a perna direita da vítima. Conforme a delegada, é comum a desova de cadáveres no local.

Bookmark and Share

Fonte: Hygino Vasconcellos / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.