Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 03/07/2014
  • 18:44
  • Atualização: 18:49

Ex-companheiro de empresária assassinada em Lajeado é preso

Polícia suspeita que homem seja o mandante do crime

Ex-companheiro de empresária assassinada em Lajeado é preso | Foto: Daniel Bortolini / Especial / CP

Ex-companheiro de empresária assassinada em Lajeado é preso | Foto: Daniel Bortolini / Especial / CP

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Um dia após o assassinato da empresária Nadir Tereza Rodrigues Kuhn, de 44 anos, em Lajeado, a Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira, o ex-companheiro da vítima como suspeito de ser o mandante da execução. O homem foi preso por volta das 16h. Em depoimento, ele negou participação no crime, mas vai permanecer preso temporariamente.

Conforme o delegado Sílvio Huppes, a principal suspeita é de que o crime tenha relação patrimonial, uma vez que a vítima possuía imoveis e herança. O autor dos disparos ainda não foi identificado. Com isso, a possibilidade de Nadir ter sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte) está praticamente descartada.

A empresária foi assassinada com um tiro no rosto, na manhã desta quarta-feira. Ela saía de casa para ir ao trabalho, quando dois homens em uma motocicleta passaram atirando. A bolsa dela, com cerca de R$ 2 mil, foi levada pela dupla. O crime ocorreu no bairro Moinhos, considerado seguro pelos policiais.

Bookmark and Share