Correio do Povo | Notícias | Maternidade e centro obstétrico de hospital de Novo Hamburgo estão superlotados

Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de Julho de 2018

  • 20/10/2017
  • 10:18
  • Atualização: 10:31

Maternidade e centro obstétrico de hospital de Novo Hamburgo estão superlotados

Local conta com 22 leitos entre as duas seções

Maternidade e centro obstétrico superlotada em Novo Hamburgo | Foto: Stephany Sander / CP

Maternidade e centro obstétrico superlotada em Novo Hamburgo | Foto: Stephany Sander / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

A Maternidade e o Centro Obstétrico do Hospital Municipal (HMNH) estão superlotados. Segundo a Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo, a ação ocorre desde quinta-feira e por isso as gestantes que necessitarem de atendimento devem, se possível, procurar os serviços médicos nas cidades vizinhas. As centrais de leitos do Estado já foram comunicadas sobre a superlotação.

A Fundação afirma ainda que o Hospital Municipal receberá as situações de emergência, buscando a transferência para outros Hospitais com maternidade caso seja possível e necessário. O local conta com 22 leitos na maternidade e seis leitos no Centro. Se estivesse em funcionamento, a Casa da Gestante poderia auxiliar na resolução do problema.

O espaço, que também não opera por falta de verbas, é inédito no Rio Grande do Sul e destinado para que gestantes e puérperas recebam todo o suporte necessário no acompanhamento de bebês internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal. As obras estão concluídas desde dezembro do ano passado.