Correio do Povo | Notícias | Publicado edital para construção de viaduto na ERS 118, em Sapucaia do Sul

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 20/10/2017
  • 13:45
  • Atualização: 13:47

Publicado edital para construção de viaduto na ERS 118, em Sapucaia do Sul

Obra com custo de aproximadamente R$ 12 milhões deve ser realizada em até 300 dias

Obra com custo de aproximadamente R$ 12 milhões deve ser realizada em até 300 dias | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / Divulgação / CP

Obra com custo de aproximadamente R$ 12 milhões deve ser realizada em até 300 dias | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

Foi publicado nesta sexta-feira o edital para construção do viaduto sobre a Avenida Theodomiro Porto da Fonseca, em Sapucaia do Sul, no trecho entre os km 3,2 e 3,3 da ERS 118. O superintendente do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) Ernesto Eichler, diz que é uma obra grande, com um investimento de aproximadamente R$ 12 milhões. “O viaduto vai ter cerca de 200 metros, dois sentidos e pista dupla. É uma obra bem importante porque a rodovia tem poucos retornos. Além disso, trata-se de um cruzamento movimentado e atualmente perigoso. O viaduto vai dar mais segurança naquele trecho.” A obra deverá ser realizada em até 300 dias. As propostas serão recebidas em 21 de novembro. Vencerá a disputa quem propor construir o viaduto com o menor preço.

Atualmente, as obras se concentram na abertura das vias laterais e no desvio da galeria d´água, entre os km 4 e 5, no sentido Sapucaia do Sul/BR 116 e, segundo o superintendente, há uma série de licitações que estão para serem publicadas que darão ainda mais celeridade aos trabalhos de duplicação da ERS-118, como a escolha da empresa responsável pelo trecho do 0 ao 5, que ainda não foi definida.

“Do km 11 ao 21 já tem empresa escolhida e esta ficará responsável de executar os encontros e a rampa de acesso do viaduto Marechal Rondon, entre Cachoeirinha e Gravataí. Outro viaduto está previsto para o km 1, da Trensurb.” Para 2018 o governo está prevendo no orçamento cerca de R$ 150 milhões para dar seguimento as obras. “Ainda dependemos de operações de reintegração de posse, desapropriações e retirada de famílias especialmente entre os km 18 e 20, em Gravataí.”, conclui o superintendente Ernesto Eichler.