Correio do Povo | Notícias | Aprovada licitação do último lote da duplicação da ERS 118

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 20/11/2017
  • 13:57
  • Atualização: 14:00

Aprovada licitação do último lote da duplicação da ERS 118

Obra corresponde ao trecho do km 0 ao 5 da rodovia

Aprovada licitação do último lote da duplicação da ERS 118 | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

Aprovada licitação do último lote da duplicação da ERS 118 | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) aprovou a licitação do último lote das obras de duplicação da RS 118, que corresponde ao trecho do km 0 ao 5 da rodovia, em Sapucaia do Sul sentido à BR 116. O processo, definido na sexta-feira, agora será encaminhado à Central de Licitações do Estado (Celic), que fará a elaboração e a publicação do edital. A licitação busca a contratação de uma empresa para executar os serviços, cujas propostas não ultrapasse o montante de R$ 52,3 milhões. Além de autorizar a licitação do lote 3, também foi aprovada a contratação da empresa que irá construir o viaduto de transposição do poliduto da Transpetro. A estrutura terá 30 metros de extensão e receberá investimento de R$ 3,9 milhões.

Para o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, o órgão encerra uma etapa decisiva para a retomada integral das obras na ERS 118. “Vencemos as licitações e, agora, focamos na execução dos serviços.” A duplicação da ERS 118 abrange um total de 22 quilômetros do entroncamento com a BR-116, em Sapucaia do Sul, até o acesso a Free Way, em Gravataí. As obras, executadas pelo governo do Estado através da Secretaria dos Transportes e do Daer, foram divididas em três lotes. O lote 2 (que compreende os quilômetros 5 ao 11), tem mais de 80% do cronograma cumprido; o lote 1 (quilômetros 11 ao 22) já foi licitado aguarda contratação da empresa vencedora. A intenção do governo do Estado é que as obras da rodovia sejam concluídas até o final de 2018.