Correio do Povo | Notícias | Estância Velha intensifica combate ao Aedes aegypti após confirmação de caso autóctone

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 23 de Setembro de 2018

  • 16/01/2018
  • 08:59
  • Atualização: 10:53

Estância Velha intensifica combate ao Aedes aegypti após confirmação de caso autóctone

A paciente é uma mulher de 30 anos e está em tratamento desde a semana passada

Equipes colocam inseticida no bairro Lago Azul, onde mora a paciente | Foto: João Victor Torres / Jornal O Diário / CP

Equipes colocam inseticida no bairro Lago Azul, onde mora a paciente | Foto: João Victor Torres / Jornal O Diário / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

A Prefeitura de Estância Velha realiza nesta terça-feira a colocação de inseticida no bairro Lago Azul, onde foi confirmado o primeiro caso autóctone de dengue (contraído na cidade). A paciente, uma mulher de 30 anos, procurou atendimento na Unidade de Saúde do bairro na semana passada e está em tratamento. Conforme a secretária municipal de Saúde, Ana Paula Macedo, a confirmação da doença aconteceu nessa segunda-feira, quando foram definidas estratégias para o combate aos focos do Aedes aegypti em toda a cidade.

Segundo dados da Vigilância Ambiental, do Departamento de Vigilância em Saúde, no ano passado, mais de 300 focos do mosquito foram registrados no município. A primeira ação de combate ao mosquito será a realização, nesta quinta-feira, no bairro Lago Azul, de um mutirão de limpeza pela extinção dos focos do mosquito. Serão recolhidos materiais que possam acumular água, como garrafas, pneus, vasos, tampinhas.

O mutirão terá a participação dos agentes de saúde, de servidores municipais e voluntários. Serão distribuídos sacos de lixo para a população para juntar os materiais, que serão recolhidos pelo caminhão da Secretaria Municipal de Obras. "O caso é sério e a infecção pode estar mais perto do que os moradores possam imaginar. Não podemos achar que dá para relaxar depois do mutirão de limpeza. Temos que nos conscientizar de que o contágio foi feito na nossa cidade", alerta a secretária.