Correio do Povo | Notícias | Reforma em unidade de saúde de Rio Grande terá duração de um ano

Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 22/01/2018
  • 09:24
  • Atualização: 11:10

Reforma em unidade de saúde de Rio Grande terá duração de um ano

Obras no Posto IV contam com investimento de R$ 1,3 milhão

Os trabalhos no prédio da Policlínica do Canalete começaram na sexta-feira | Foto: Rosélia Falcão / Prefeitura Rio Grande / CP

Os trabalhos no prédio da Policlínica do Canalete começaram na sexta-feira | Foto: Rosélia Falcão / Prefeitura Rio Grande / CP

  • Comentários
  • Angélica Silveira

A reforma no prédio da UBSF Policlínica do Canalete, o Posto IV, em Rio Grande, está em andamento desde sexta-feira. A obra do local terá investimento de R$ 1,3 milhão e deve durar um ano. Os pacientes que eram atendidos no local foram deslocados para a UBSF Rita Lobato.

No Posto IV já foram colocados os andaimes necessários para o acesso aos pontos mais altos do prédio e deslocamento dos funcionários dentro da estrutura. As religações das redes de água e energia elétrica também já foram reestabelecidas. O projeto de reforma e restauro do posto contempla a atual estrutura do prédio, respeitando a arquitetura original, além da composição e distribuição original de salas de atendimento, saguão e banheiros.

O projeto prevê, entre outros itens, a substituição de quase todo o telhado do local. No lugar da antiga cobertura entrará uma estrutura de aço galvanizado com EPS (isopor), que proporcionará mais conforto térmico e acústico aos usuários. Os pisos de parquet e vinilivo serão substituídos. Já os tradicionais pisos hidráulicos receberão restauro e limpeza especial. Todas as portas e marcos serão substituídos por novas. As paredes receberão raspagem e preparação para uma nova pintura. O projeto também obedece às normas de acessibilidade exigidas para o acesso a prédios públicos. Na área central do prédio será construído um elevador exclusivo para cadeirantes. No acesso principal, a rampa para o uso de portadores de necessidades especiais será refeita. 


TAGS » Saúde, Rio Grande, UBS