Correio do Povo | Notícias | Prefeitura de São Leopoldo e Unisinos firmam parceria para criar loteamento

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

  • 23/01/2018
  • 08:11
  • Atualização: 08:21

Prefeitura de São Leopoldo e Unisinos firmam parceria para criar loteamento

Serão 157 famílias beneficiadas com o projeto de inclusão urbana no bairro Santos Dumont

A iniciativa vai regularizar a situação das famílias que ocupam os terrenos há cerca de três anos | Foto: Stephany Sander / Especial / CP

A iniciativa vai regularizar a situação das famílias que ocupam os terrenos há cerca de três anos | Foto: Stephany Sander / Especial / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

Um total de 157 famílias, que hoje ocupam quatro áreas no bairro Santos Dumont em São Leopoldo, serão beneficiadas com um projeto de inclusão urbana. A iniciativa, que criará o Loteamento Esperança, é resultado de parceria entre prefeitura e Unisinos, a partir do curso de Arquitetura. Segundo o secretário de Habitação, Nelson Spolaor, a iniciativa regularizará a situação das famílias que ocupam os terrenos há cerca de três anos.

"Duas das áreas serão utilizadas para projetos habitacionais e as outras abrigarão espaços públicos para a prática esportiva e o lazer, como praças", explica. Spolaor destaca que os projetos foram desenvolvidos a partir de visitas ao local e de muita conversa com os moradores. Ao todo, 80 alunos do curso de Arquitetura da universidade integram o projeto urbanístico para o Loteamento Esperança e, conforme o coordenador do curso, o professor Adalberto Heck, o resultado é positivo para ambos os lados.

“Estamos resolvendo a questão da habitação pensada como um todo, o que inclui a área ambiental, praças, arruamento, infraestrutura, tudo isso demanda espaço”, salienta. As área contempladas no projeto passaram a ser ocupadas a partir das obras de expansão da Linha do Trensurb até Novo Hamburgo, em 2014.