Correio do Povo | Notícias | Estudo permitirá regularização fundiária em Sapucaia do Sul

Porto Alegre

28ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 05/02/2018
  • 08:28
  • Atualização: 08:33

Estudo permitirá regularização fundiária em Sapucaia do Sul

A área de 218 mil metros quadrados era do Estado e foi transferida ao município

A Secretaria de Planejamento Urbano reunirá informações para a elaboração do projeto urbanístico | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

A Secretaria de Planejamento Urbano reunirá informações para a elaboração do projeto urbanístico | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

Começa na primeira quinzena de fevereiro o levantamento topográfico e planialtimétrico da vila Floresta, no bairro Sete, em Sapucaia do Sul. O estudo será executado por equipes da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e reunirá informações para a elaboração do projeto urbanístico que possibilitará o início do processo de regularização fundiária dos imóveis do local, onde residem 1,2 mil famílias. A área, que era do Estado, foi transferida ao município na última semana de dezembro.

Segundo a Prefeitura de Sapucaia do Sul, a doação do espaço, que pertencia à extinta Companhia de Habitação do Rio Grande do Sul (Cohab-RS), era aguardada havia mais de 40 anos. De acordo com a administração municipal, a área tem 218 mil metros quadrados e está avaliada em R$ 7,9 milhões.

O presidente da Associação de Moradores da Vila Floresta, Celso Nascimento, disse que a comunidade está contente e, ao mesmo tempo, ansiosa. “Muitas famílias querem e precisam fazer reformas e melhorias em suas moradias, mas ainda há um certo receio. Agora, parece que o processo de regularização finalmente vai andar”, comenta ele, que mora há 18 anos na comunidade. “Temos escola, ginásio e vários estabelecimentos comerciais. O processo de regularização vai trazer benefício de infraestrutura para as famílias”, avalia.