Correio do Povo | Notícias | Focos do mosquito da dengue triplicam em Sapucaia do Sul

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 19/02/2018
  • 10:10
  • Atualização: 11:16

Focos do mosquito da dengue triplicam em Sapucaia do Sul

Durante levantamento, 1.390 imóveis foram vistoriados e em 114 havia larvas do Aedes

Entre os criadouros do mosquito estão vasos, potes, baldes e pneus | Foto: Alina Souza / CP Memória

Entre os criadouros do mosquito estão vasos, potes, baldes e pneus | Foto: Alina Souza / CP Memória

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), realizado no início de fevereiro em 31 bairros urbanos de Sapucaia do Sul, mostra que triplicou o número de focos do mosquito em comparação ao último LIRAa, de novembro de 2017. Durante o levantamento, 1.390 imóveis foram vistoriados e em 114 residências foram encontradas larvas de Aedes aegypti. No levantamento anterior foram 42 imóveis com foco do mosquito. Os criadouros dos mosquitos são vasos, potes e baldes. Foram encontrados focos em bromélias e pneus.

As vistorias detectaram a presença de Aedes aegypti em cerca de 90% dos bairros Piratini, Cohab, Lomba da Palmeira, Santa Luzia, Jardim, Vargas, Bela Vista, Diehl, Centro, Santa Catarina, Capão da Cruz, Boa Vista e Nova Sapucaia. Os valores encontrados determinaram um Índice de Infestação Predial preocupante para o município, e insere Sapucaia do Sul na situação de Alto Risco de transmissão de dengue, de acordo com a categorização do Ministério da Saúde. Diante disso, a prefeitura informou que os agentes comunitários de saúde continuarão realizando visitas domiciliares para orientação e eliminação de focos no seu território.